AS EMPRESAS AÉREAS BRASILEIRAS E SEUS CATALINA

PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. – PETROBRAS

PETROBRAS Logo

Em outubro de 1953, com a edição da Lei nº 2.004, a constituição da Petrobras foi autorizada com o objetivo de executar as atividades do setor petróleo no Brasil em nome da União. A Petróleo Brasileiro S/A - PETROBRAS iniciou suas atividades com o acervo recebido do antigo Conselho Nacional do Petróleo (CNP), que manteve sua função fiscalizadora sobre o setor.

As operações de exploração e produção de petróleo, bem como as demais atividades ligadas ao setor de petróleo, gás natural e derivados, à exceção da distribuição atacadista e da revenda no varejo pelos postos de abastecimento, foram monopólio conduzido pela Petrobras de 1954 a 1997. Nessas atividades, empregou dois Consolidated PBY-5A CATALINA, principalmente em operações na Região Amazônica. Durante esse período a Petrobras tornou-se líder em comercialização de derivados no País, e graças ao seu desempenho a Companhia foi premiada em 1992 pela Offshore Technology Conference (OTC) (*), o mais importante prêmio do setor, e posteriormente recebeu o prêmio em 2001.

A primeira marca institucional da Empresa era composta por um losango amarelo, de contorno verde, com a palavra Petrobrás (ainda com acento) em azul inserida no seu interior. A forma e as cores utilizadas procuravam corresponder aos anseios nacionalistas da época, relacionando a marca da companhia às cores e formas da bandeira nacional. Esta primeira concepção começou a ser usada em julho de 1958.

Em 1997, o Brasil, através da Petrobras, ingressou no seleto grupo de dezesseis países que produz mais de um milhão de barris de óleo por dia. Nesse mesmo ano, em 06 de agosto de 1997, o presidente Fernando Henrique Cardoso sancionou a Lei n º 9.478, que abriu as atividades da indústria petrolífera no Brasil à iniciativa privada.

AERONAVES:

PBY-5A Catalina – Prefixo PT-AXL (CN 1681, BuNo 48319 U.S. Navy)

PTAXL

Inicialmente, com a matrícula norte-americana N9504C, foi adquirido pela Companhia Petróleo Brasileiro S.A. – PETROBRAS e registrado com a matrícula PT-AXL. Foi vendido ao Ministério da Aeronáutica, em 05 de fevereiro de 1968, e incorporado ao 1º Esquadrão de Transporte Aéreo (1º ETA), sediado em Belém/PA, com a matrícula FAB 6550.

Com o Serial Number 1681, consta do Registro Aeronáutico Brasileiro – RAB como um CONSOLDATED PBY-5A com a Matrícula PT-AXLPT-AXL CONSOLIDATED PBY-5A CATALINA        1681                                                                                        

PBY-5A Catalina – Prefixo PT-AXM (CN 1959, BuNo 46595 U.S. Navy)

Inicialmente, com a matrícula norte-americana N9501C, foi adquirido pela Companhia Petróleo Brasileiro S.A. – PETROBRAS e registrado com a matrícula PT-AXM. Foi vendido ao Ministério da Aeronáutica, em 05 de fevereiro de 1968, e incorporado ao 1º Esquadrão de Transporte Aéreo (1º ETA), sediado em Belém/PA, com a matrícula FAB 6551.

PTAXM

Com o Serial Number 46595, consta do Registro Aeronáutico Brasileiro – RAB como um CONSOLDATED PBY-5A com a Matrícula PT-AXMPT-AXM CONSOLIDATED PBY-5A CATALINA         46595

**************************************************